terça-feira, 31 de julho de 2012

G+ NEWS






EX DE GUSTAVO LIMA CRITICA CANTOR NA CAMA


Karen Kounrouzan, ex namorada do canto, revelou a amigos que Gustavo Lima apesar de um um penis grande, goza muito rápido na hora da transa.


  Londres terá a participação de vinte atletas assumidamente gays



Na briga pela medalha de ouro estão vinte esportistas assumidamente gays. A informação foi divulgada pelo site “OutSports.com”, numa lista composta por três homens e dezessete mulheres. Além deles, tem ainda duas técnicas e dois atletas paraolímpicos (um homem e uma mulher).
Em Atenas (2004), foram onze atletas assumidos e em Pequim (2008) foram dez.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

De olho na cueca branca do negão

Contos+: Comendo o aluno safado



 O que vou contar aconteceu uns oito meses atrás. Sou Professor de Geografia dos terceiros anos de um colégio de classe media alta na minha cidade, e foi nele que aconteceu uma excelente aula...
Meu nome é Jorge, tenho 1,84 cm de altura, 80 kg, branco com poucos pelos naturais, não sou malhado, mas possuo um peitoral e uma bunda acentuadíssimos, que se destacam bastante, tenho 29 anos, com 6 de profissão.
Sou acostumado com cantadas de alunas e alunos, que percebo, estão cada vez mais libertinos e tendo coragem para essas atitudes, geralmente eu gosto dessas situações, gosto de homens maduros, mas abro uma exceção vez ou outra... E nunca me arrependo!
Tiago é meu aluno. 18 anos, moreno queimado do sol, alto, bombadinho, mediano nas notas, playboy, e o mais importante: Hormônios explodindo! Jamais suspeitaria dele se não o surpreendesse olhando o volume das minhas calças toda vez que vou ao quadro – Modéstia à parte é um volume considerável, pois guarda 22 centímetros de pau, que me rendeu na faculdade o apelido de Jorge22, sem mais explicações. Sempre aquela cara de safado e provocativo me secando. Ele se tornaria a minha puta todos os finais de semana na minha casa, mas a nossa primeira vez eu irei contar aqui.
Certo dia, em minha própria sala, Tiago me aparece com algumas duvidas sobre um simulado, estávamos no horário do almoço, colégio vazio, comecei a explicar o mais demoradamente possível para ele, a sua voz grossa que saia daquela boca vermelha então disse:
- Só você usa essa sala?
Ele sabia que sim, cada professor tinha sua sala própria de materiais e um espaço para retirar dúvidas, respondi e voltei a explicar, meu pau começou a ficar inconfortável em minha cueca, estava ficando duro de imaginar o que podia acontecer ali naquela sala. Tiago estava em pé, ao lado da minha cadeira observando o seu caderno, roçava seu pau no braço de propósito. Comecei a intercalar a explicação com algumas ajeitadas bem explicitas de pau na calça. Pego de surpresa, ele me diz:
- Professor, eu queria tanto sua gala! – Passando a sua mão por cima da minha calça.
Não respondo ainda, levanto tranco a porta, e o beijo. Beijo quente e o seu cheiro era maravilhoso, rapidamente coloco a minha mão pesada dentro da sua calça do uniforme de lycra, que bundinha lisa! Sinto o seu pau excitado:

- Você sempre esteve louco pra cavalgar no colinho do tio, ne?

- igual à uma puta – ele me surpreende. O viro e tiro a sua calça com força, e vejo aquela bunda linda, lisa, macia, levemente empinada pelos músculos, quente e o seu cuzinho piscando... Não resisto e beijo aquele cú, enfio a minha língua como se o estivesse fudendo e sinto os seus gemidos de prazer. Enquanto isso meu pau todo molhado de prazer na minha cueca, tiro a lapa pra fora e subitamente o puxo pelos cabelos fazendo sua cara bater na minha vara, após o espanto dos 22 cm espancarem sua cara, automaticamente ele chupa a cabeça do meu pau, sentia o meu pau quente pulsando em sua garganta, era como se estivesse tirando a virgindade da sua boca.

-Não queria gala safado? – e batia em sua cara enquanto ele me chupava.
Mamava como um bezerro no chão, vez ou outra controlava sua cabeça para não me machucar de tanta sede que tinha minha putinha.
Depois de beijar aquela bunda linda e ser mamado deixando minha piroca dura como pedra, peguei a camisinha em uma gaveta, sentei na minha cadeira com o pica lustrada pra ele sentar e chamei:

- Vem ser minha mulherzinha, cavalga aqui que quero ver se vale dez!
Ele veio de frente aos meus 22 cm de rola, abriu as penas e sentou, sentindo cada centímetro, quando não aguentava e queria sair, eu tampava sua boca e enfiava um centímetro mais, até ele se acostumar e eu encostar minhas bolas peludas na sua bunda!

- Tá vendo, esse pau foi feito pra você, vai ficar com o cuzinho no formato dele! Todo A-R-R-O-M-B-A-D-I-N-H-O!
Ele gemia tanto que tinha que fechar sua boca com a mão enquanto o comia, o seu cu se contraia forte, ele apertava meu pau num ritmo tão bom que eu estava me segurando para não gozar. Cavalgava num verdadeiro cavalo de raça. Minha pica era esfolada com as subidas e decidas daquele puto gostoso.
Abri espaço na minha mesa e o coloquei de quatro, seu cu já aberto, enfiei de uma só vez minha tora novamente, ele mordeu os lábios de tão profundo que meu pau chegou, eu dava estocadas cada vez mais forte e o chamava de minha cadelinha, segurei seu pau e estava muito duro, quando o soltei seu corpo se contorceu e ele derramou litros de leite em toda a minha mesa, dengoso ele pediu leite no rosto, arrasto sua cara na mesa melada até o meu pau, tiro a camisinha e o faço engolir um pouco mais da minha carne, o primeiro jato de gala sai em sua garganta e o resto cobre todo o seu rostinho de porra.
- Foi a melhor aula que o senhor me deu.
E chupou com o dedo mais da minha gala no seu rosto. 

Olha a pica


HORA DA PICA
ESCOLHA JÁ A SUA E SE DIVIRTA


dansexy7l@hotmail.com
O E MAIL DO G+